segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Não adianta eu crescer, eu sempre vou gostar de danoninho.

Fui no cemitério…


Crianças de hoje:
Foi visitar um parente ou um amigo que morreu é claro.
image
Eu:
TÉRIO, TÉRIO, TÉRIO, ERA MEIA NOITE, NOITE, NOITE, NOITE, VI UMA CAVEIRA, VEIRA, VEIRA, VEIRA… ♪
image
caioscheleger:

Os caminhos mais longos são aqueles que te levam para os melhores lugares.
Os caminhos mais longos são aqueles que te levam para os melhores lugares
Fala teus sentimentos baixo, pequena! Teu coração é escandaloso, teus inimigos são sorrateiros

A pessoa te odeia, mas te adiciona em todas as redes sociais.

Quando você vai pegar alguma coisa pra comer de madrugada, e não pode fazer barulho:

foda-vida:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Hoje eu vou dormir e só vou acordar em novembro.



Não julgue alguém pela roupa, cabelo, rosto ou qualquer coisa que venha do inferior da pessoa; por que as aparências enganam e a capa do livro pode não ter nada a ver com o conteúdo da história
“Bons Sonhos” - disse eu, desejando fazer parte deles.

domingo, 30 de outubro de 2011

Meu tipo preferido de gente é aquela que espirra engraçado, que ri com a mão na barriga, que canta e dança qualquer música. Aquele tipo de gente que tropeça e finge que tá correndo, que sai de pijama na rua, que acorda rindo. Gente que não planeja tudo. Gente que pede licença, que diz “obrigado”, que pede desculpas, que chora assistindo filme. Aquele tipo de gente que é muito sincera, mas sabe…. Quando e como falar, aquele que conversa olhando nos olhos. Aquela gente que diz que te ama, que mexe no cabelo dos outros, que lê as coisas no elevador, que conta piada, que joga conversa fora, que te organiza uma festa surpresa, um almoço ou um jantar surpresa… Aquele tipo de gente que te faz sorrir, que te faz sentir importante, que se importa. Aquele tipo de gente que não tem vergonha de ser feliz. Gente que gosta de gente.

Você não vai ficar em casa lamentando um amor perdido, vai? Venha pequena, vamos ir dar um pesseio, vamos esquecer essa dor por um tempo, vamos se divertir, ei.. pequena, olha a vida aqui fora, não se tranque dentro deste quarto escuro, jamais borre sua maquiagem por aquele idiota, você é linda sorrindo.

Sete coisas que eu sempre falo na escola:

  • - Que horas são?
  • - Estou com sono.
  • - Quero ir embora.
  • - Estou com fome.
  • - Que preguiça.
  • - Não entendi.
  • - A próxima aula é de quê

j.d

Não é TPM. Eu não tô revoltada. Eu só tô meio tanto faz, se quiser voltar, volta, se não, tanto faz. Tô com preguiça de correr atrás.

 

Alguém aceita cuidar de mim?

Mas você me conhece, eu faço tudo errado.

thiago.torres

Mas é que às vezes você me perde. E me ganha de novo. E me perde. E, sei lá, isso fode com a minha cabeça.

Você online, eu online. Você não fala comigo, eu não falo contigo

Eu não me importo se você quiser sorrir e me falar que eu sou tudo pra você,vem dizer? então pode falar eu nao vou enjoar (8

Hoje você fala que me ama e amanhã você enjoa.

 

Quanto mais você corre atrás, mais as pessoas pisam em você. Quando mais você pisa, mais as pessoas correm atrás de você.

 

Sinto cheiro de recuperação
Que tipo de pessoa se apaixonaria por mim   ? :\
Ela está mudada. Pensativa. Grossa. Calada. Fria. Ignorante. Quieta. Desconfia de tudo… Mas no fundo, ela só não quer ter o coração partido outra vez

Tipo, eu tento parar de falar tipo, só que tipo, não dá.

 
Você me quer?
Você cuida de mim?
Mesmo que eu seja uma pessoa egoísta e ruim?
Cazuza
 
Uma dose de ânimo, por favor

thiago.t

Preci(s)o d(e) (u)m beijo.


         tshooooooooooooooooooooooooooooow

Acho que ouvi suas amigas te chamarem, vai lá.

 

Eu não cresci, continuo sendo a mesma criança boba de sempre. Mas eu mudei. Mudei meu ponto de vista sobre certas pessoas. Mudei meu modo de falar e agir. Mudei o meu gosto musical. Mudei minhas roupas. Mudei minhas atitudes. Quando olho pra mim, ainda enxergo uma garotinha que achava que príncipes encantados, finais felizes e contos de fadas existiam. Eu me via querendo evoluir e deixar para trás todos os problemas. Ainda me vejo acordando cedo para ver o meu programa preferido. Me vejo brincando com minhas bonecas e inventando meu próprio jeito de ser feliz. Vejo minha mãe me dando um beijo de boa noite e arrumando o cobertor para que eu não passasse frio. Me vejo brincando com aquele ursinho de pelúcia velho, que antigamente era o meu melhor amigo e hoje nem está comigo mais. Me vejo sendo colocada no berço enquanto percebia o sorriso do meu pai. Eu olho para o meu passado e percebo que tudo mudou. Hoje me tornei aquela garota fria que sempre acorda de mal humor, mandando todos se foderem. Meu vocabulário é infestado de palavrões. Hoje sou a garota que ouve rock no volume máximo, usa all star e moletom. Que não vai com a cara daquelas vadias que agem como se o mundo estivesse desabando quando quebram uma unha. Sou a garota que só fala merda, gosta de preto e pratica esportes. Mas algo ainda falta para mim, acredite. Eu não consigo ficar bem comigo mesma. Me olho no espelho e não reconheço direito o que reflete nele. Eu não sou bonita, não mesmo. Isso não é drama, nem carência por elogios. Sempre tem algo que me incomoda. “Mas o que importa é o coração.” Quer saber? Isso se tornou uma espécie de viadagem para mim. Ninguém nunca repara apenas nessas coisas. Parte desse ódio por mim mesma nasceu da busca das pessoas pela perfeição. Eles olham para mim e agem como se eu fosse de outro planeta. Porra, eu sou humana. Eu erro, choro, grito, tenho meus momentos idiotas e depressivos, mas nem por isso quer dizer que sou um monstro. Foda é que não é só fisicamente. Eu não gosto de nada que existe dentro da minha pessoa. Não exijo que ninguém me aguente ou valorize. Nem eu dou conta de fazer isso. Mas cansa, caralho. Todos os dias é a mesma pergunta: “Como você está?” - Bem, estou com vontade de mandar todo mundo ir se foder. Sempre acho um lugar para ficar sozinha e poder chorar em paz. Eu choro para jogar tudo embora de uma vez. E cada lágrima derramada é como se fosse uma grande parte da minha dor. Agora eu achei a resposta: sim, eu acabei mudando, crescendo, amadurecendo. Mas tenho certeza de que tudo era melhor quando eu não me importava com nada.

Inútil, feia, chata, impaciente, ciumenta, burra, sozinha, descartável. Sou eu.

Corretivo é o caralho. Rabisca essa porra ai e já era.

 

             *-------------------------------------*

JUAN.DIEGO =\


Machuca pra caralho, mas ninguém precisa saber

thiago.t

Você é o meu bebê, e eu quero cuidar de você.