quinta-feira, 31 de maio de 2012

Meu quarto. A melhor coisa que havia ali era a cama. Gostava de ficar deitado por horas, mesmo durante o dia, com as cobertas puxadas até o queixo. Era bom ficar ali, nada acontecia por ali, nenhuma pessoa, nada. 
— Bukowski, Misto Quente 

Nenhum comentário:

Postar um comentário